Nossa nova edição de Conexão Literatura destaca Conceição Evaristo, escritora e ativista do movimento negro, destaque da mostra do Itaú Cultural com suas “Escrevivências”. O que é bem interessante é que a escritora era leitora e fã de Carolina de Jesus, outra grande escritora que foi destaque da nossa edição anterior (edição nº 23). Confira a entrevista exclusiva que fiz com a Conceição nas páginas da revista.


LIVROS E LIVROS

Ficção

Oswaldo de Camargo - Negro Disfarce
  – O que você procura no meio de tanta gente, Benedito?– Eu? O que procuro? Sinto-me bem, gosto, eles são bons...– São bons... Conhece Jacob Wassermann?Disse-lhe que não, mas gostaria de conhecer. É músico, poeta, quem foi esse Jacob Wassermann?– Romancista. Há enorme semelhança entre o destino de Gaspar Hauser, o personagem do romance dele mais conhecido, e o de vocês...– Vocês... Você diz negros. Então você não se considera um dos nossos, Deodato?  Oswaldo de Camargo   O diálogo entre Ben...

Poesia

Carlos de Assumpção - Não pararei de gritar
Adélcio de Sousa Cruz* NoiteQue conservaOrgulhosamente A despeito de tudoUm punhado de estrelasEm cada mão(Autorretrato, p. 51) Reler/ler Carlos de Assumpção é sempre um presente envolto num turbilhão de emoções. A voz ancestral e simultaneamente contemporânea, performando versos rápidos, sonoros, cadenciados, pode tirar nosso fôlego, a depender dos ares do dia e/ou da noite. Curioso notar, entretanto, que em alguns dos poemas a rima se parte ou é quebrada ao final, em tom de mimese daquele dramático momento em que inúmeras trajetórias de nossos a...

Ensaio

Dejair Dionísio - Ancestralidade Bantu na Literatura Afro-brasileira: reflexões sobre o romance Ponciá Vicêncio
Menosprezado pelos primeiros pesquisadores que se debruçaram nos estudos das etnias africanas, o povo banto1 foi considerado por muito tempo como uma etnia inferior aos outros povos integrantes da diáspora negra nas Américas. Contudo, esse grupo legou um vasto repertório cultural que traz consigo as marcas de uma tática de resistência construída no campo do inimigo. Como se pode notar em festejos como o Congado2 e o C...

Infantojuvenil

Sandra Menezes – O céu entre mundos
Que mundos são possíveis para nós, pessoas negras? Quais tecnologias – científicas, artísticas, espirituais – permitirão que continuemos vivos e vivas? São perguntas assim que movem a escrita futurista elaborada por e para pessoas negras. A narrativa que habita este volume nasce desse estímulo de fabulação que é, ao mesmo tempo ato de resistência. A escrita de autoria negra é uma ponte entre mundos da memória e do futuro, a ficção recria um passado não-registrado e proporciona novos horizontes que talvez ainda não possam ser vistos, mas que po...

Memória

Tom Farias - Carolina: uma biografiaCarolina: uma biografia, relato fascinante sobre a trajetória de uma escritora necessária  Aline Alves Arruda*   Infelizmente Carolina Maria de Jesus ainda não dispensa apresentações. Apesar de ter vendido mais de 10 mil exemplares de seu Quarto de despejo: diário de uma favelada na primeira semana de seu lançamento, em 1960, esgotando a primeira edição, há muita gente que ainda desconhece a escritora mineira nascida em Sacramento, no ano 1914, que recebeu o adjetivo “favelada” por ter morado na extinta favela do Canindé, em São Paulo. A alcunha impressa na capa do livro permaneceu por muit...

Newsletter

Cadastre aqui seu e-mail para receber periodicamente nossa newsletter e ficar sempre ciente das novidades.

 

Instagram

 

YouTube