LIVROS E LIVROS

Ficção

Astolfo Marques – O Treze de Maio e outras estórias do pós-Abolição
A literatura de Astolfo Marques deve figurar como um clássico. Seus parágrafos curtos, com os tópicos frasais precisos, nos rementem a Machado de Assis, a Guimarães Rosa e a tantos outros baluartes da literatura brasileira e mundial. Os dois primeiros parágrafos do conto “O socialista” exemplificam essa afirmação: O Narciso, depois que saíra da Casa dos Educandos, flautista exímio e perfeito oficial de carpina, viajara pelo sul do país em companhia do seu padrinho comendador Manuel Bento, abastado capitalista portugu...

Poesia

Lande Onawale - Pretices e milongas
SAUDAÇÃO AO ORIQuem carrega um nomeSaúda a honra à cabeçado homem- cabaça -em toda toda p-arte.   Em Kalunga: poemas de um mar sem fim (2011), Lande Onawale já anunciava sua poesia como uma escrita "incansável que come com as mãos" (2011, p.35), e, mais que isso, "letra que dorme em esteira e, como a própria noite, é povoada de ancestres" (Idem). De acordo com Fu-Kiau1, para os bakongos a Kalunga pode ser pensada como força completa em si mesma que tem a capacidade de transformar a Terra e transmutar-se depois no Oceano, s...

Ensaio

Joel Rufino dos Santos - História do teatro negro brasileiro
Joel Rufino dos Santos figura indubitavelmente entre os mais destacados intelectuais negros brasileiros de todos os tempos, com dezenas de livros publicados desde meados do século passado. Sua produção transita da historiografia para a ficção e daí para a crítica, sendo possível muitas vezes verificar o quanto, num mesmo texto, esse trânsito se metamorfoseia em mescla discursiva decorrente do entrelaçamento do fato com a imaginação. E o mesmo se dá com suas estórias ditas infantis ou juvenis, a agradar leitores de todas as idades; o...

Infantojuvenil

Mel Adun - A Lua cheia de vento
O primeiro contato da criança com um texto geralmente é por meio das histórias contadas oralmente, sejam por familiares ou outros sujeitos participantes desse processo pedagógico. Este é o início da aprendizagem, compreensão e consolidação de valores caros à formação do pequeno leitor e de seu letramento literário, visto que “é ouvindo histórias que se pode sentir (também) emoções importantes como: a tristeza, a raiva, a irritação, o medo, a alegria [...]” (ABRAMOVICH, 1989, p. 17). Sabemos que...

Memória

Sergio Barcellos (Org.) - Vida por Escrito: guia do acervo de Carolina Maria de JesusCarolina Maria de Jesus em acervo  Aline Alves Arruda* Para a sorte dos pesquisadores e dos leitores da obra de Carolina Maria de Jesus e também para aqueles que só agora descobrem a produção literária da autora de Sacramento-MG, Sergio Barcellos organizou e publicou neste 2015 Vida por escrito: guia do acervo de Carolina Maria de Jesus, pela editora Bertolucci, conterrânea da autora mineira. O guia é resultado de um projeto maior: Vida por escrito: Organização, classificação e preparação do inventário de arquivo de Carolina Maria de Jesus, iniciado em 2013 pelo professor e pesquisador com ...

Newsletter

Cadastre aqui seu e-mail para receber periodicamente nossa newsletter e ficar sempre ciente das novidades.

 

Instagram

 

YouTube