Com o objetivo de desenvolver a leitura crítica nos estudantes do último ciclo do ensino fundamental, Gabriel Thadeu Costa da Silva, graduando em Letras na UFMG, lança, como resultado de sua Iniciação Científica Voluntária (ICV) com a Prof.ª Adriane Teresinha Sartori (FALE), o livro “Leitura Crítica: Alternativas para o último ciclo do ensino fundamental”.


As propostas didáticas voltadas para auxiliar o professor em sala ao trabalhar o ensino crítico estão reunidas em dois capítulos no material e abordam diversos temas geradores envolvidos no universo dos estudantes. O material está disponível em e-book e você pode baixá-lo gratuitamente no site da editora Pedro e João Editores.


Aproprie-se do material, utilize-o em sala e compartilhe-o com outros professores!

 

 

 

Texto: Prof.ª Adriana Sartori (FALE/UFMG)

 

 

Assessoria de Comunicação da FALE – 2022

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Facebook: @fale.ufmg
Instagram: @fale_ufmg
Twitter: @fale_ufmg

 

 

 

O Programa de Pós-graduação em Estudos Linguísticos (Poslin) e o Research Center Intercultural Communication in Multimodal Interactions (ICMI) convidam a comunidade acadêmica para a palestra "English as a Lingua Franca Negotiations of Cultural Understandings: analysing displays of Intercultural Awareness through pragmatic strategies", com Juliana Souza da Silva.
 

O Prof. Fábio Bonfim Duarte, da FALE, divulga o lançamento de um vídeo/pitch em que apresenta os resultados obtidos na Oficina de Documentação e Promoção da Língua Guajajara, realizada em dezembro de 2021, na Aldeia Lagoa Quieta (Hamyz ete), que fica na terra indígena Arariboia, no estado do Maranhão. A peça já está disponível para visualização e pode ser conferida no YouTube.

A iniciativa - coordenada pelo Prof. Fábio Bonfim, Ana Claudia Menezes e por Cíntia Guajajara e Tuíra Guajajara - teve como objetivo principal a produção de textos da literatura oral e de gramáticas descritivas da língua Tenetehára, no intuito de contribuir com sua preservação e revitalização, além de encontrar estratégias para a valorização da língua Guajajara nas aldeias. Isso se justifica pelo interesse demonstrado por parte das lideranças indígenas, especialmente dos professores de língua tenetehára, em obter parcerias com o Laboratório de Línguas Indígenas da Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais, a fim de receber treinamento técnico para sua formação linguística e pedagógica.

Falada por cerca de 25.000 pessoas, a Tenetehára é uma língua pertencente à família Tupi-Guarani, afiliada ao tronco linguístico Tupi, que se encontra fortemente impactada pelo contato interétnico, tendo em conta a pressão que o uso da língua portuguesa impõe a seus falantes. O que se nota é que, como resultado do contato com a sociedade envolvente, muitos indígenas vêm abandonando a sua língua nativa, situação que não é desejável nem do ponto de vista linguístico, nem do ponto de vista étnico e social. Uma língua, para manter-se viva, precisa ser constantemente repassada às gerações mais jovens, do contrário corre sério risco de desaparecer.

 

 

O Professor Fábio Bonfim Duarte da FALE divulga o lançamento da obra "Ergatividade e Sistemas de Alinhamentos em Línguas Indígenas", livro sobre sintaxe de línguas indígenas, pela Editora Mercado de Letras. O evento faz parte da programação do Seminário Anual do IEAT 2022, e acontecerá no dia 29 de junho de 2022, às 16h, na Sala de Seminários 1012 da Escola de Engenharia da UFMG, campus Pampulha.

O livro já está à venda e pode ser adquirido no site da Editora.

 

 

FaLang translation system by Faboba

cenex    CEFALE SAEL

PÓS-GRADUAÇÃO