Elisa Pereira

 

DADOS BIOGRÁFICOS

Elisa Pereira nasceu em 1975 na cidade de Belo Horizonte e atualmente vive em Paraty, no Rio de Janeiro. É gestora ambiental, poeta e educadora. A autora do livro Memórias da pele tem verdadeira paixão pelas letras desde sempre. Quando pequena amava os sons e formas daquilo que ainda não conseguia ler. Após descobrir que seu objeto de fascínio possuía o nome de palavra, começou a fazer buscas incessantes por significados. Elisa ama em especial o verbete "possibilidades", citado em um dos poemas de seu livro. A razão do amor pela palavra está ligada ao fato de sua mãe, fascinada por leitura e cultura, ter feito todos os trabalhos braçais possíveis para que seus 5 filhos pudessem ir à escola, apesar das privações básicas que a família sofria. A menina negra e de infância pobre viu a mãe ensinar o pai a ler. Quando imaginava o porvir, a pequena Elisa não pensava em ser, apenas em ler, até que desaguou na escrita. Apaixonada pelas letras, tornou-se escritora e hoje através de versos como “Há de haver outros caminhos/Haverá outras possibilidades”, a poeta segue transformando sua própria vida e a de quem seus poemas possam alcançar.

Lançado em 2018, Memórias da pele foi escrito entre 2007 e 2011 e traz, de dentro para fora, as inspirações palavreadas da mulher que sentia muito e falava pouco. Represa que era, Elisa Pereira estourou em seu primeiro livro trazendo entre belezas e transcendências da vida e da alma, mudanças paradigmáticas pelas quais passou em seu processo de auto-aceitação em vários aspectos, como conhecer-se enquanto mulher negra brasileira e escritora que transcende sua pele e tem falas universais. As poesias eram postadas em um blog privado que a autora resgatou em meados de 2016, quando se inscreveu no concurso de poesias do SESC-Distrito Federal com o poema que intitula o livro. “Memórias da pele” ficou em segundo lugar no concurso e esse foi o ponto de partida para a publicação desse e de outros poemas em sua obra de escrita única e visceral. A autora tem ideias para o futuro que envolvem escritas diversas, como contos e literatura de empoderamento infantil negro. Os versos “Pelo direito de ser, estar e não permanecer” dizem tudo sobre a brilhante carreira de Elisa Pereira.

 

 PUBLICAÇÕES

 Obra individual

 Memórias da pele. Lisboa: Chiado Books, 2018

Antologias

Prêmio Sesc de Poesias Carlos Drummond de Andrade. Coletânea de Contos. Edição 2016. Brasília: SESC-DF, 2017

Poesia Brasileira I. DF: SESC, 2017

Um girassol nos teus cabelos: poemas para Marielle Franco. Belo Horizonte: Quintal Edições, 2018.

TEXTOS

Elisa Pereira - Textos selecionados

 CRÍTICA

Existência e transcendência negras nos poemas de Elisa Pereira

FONTES DE CONSULTA

Editora Chiado Books