Crespa Cantiga
 
meus cabelos condensam vivências que nenhuma
chapinha alisa
sabem segurar os mistérios da ventania
e segredos miúdos
que o tempo encrespou e encaracolou com esmero
 
não há chapéu que abafe
o axé plantado
por cafunés
 
minha mãe
sabedora de histórias antigas
pôs um véu de paz na cabeça
para enganar o turista
 
do coração da gente
varreu a guerra
mas segredou já no útero:
“a luta continua
e a vitória está na serra
da barriga das mulheres”.
(Quizomba de vento e nuvem, p. 32).