Coroa

Ela merece uma coroa
Por todo o asé que enche seu peito
Pelo marfim sorriso, refletido nos olhos
Por ter na pele o brilho do sol e da lua
Pelos crespos que ostentam a resistência

Ela merece uma coroa
Por ser filha da luta, dignidade na conduta
Pela cabeça erguida, mesmo vista nua
Por doar aos deuses, busca amor ancestral
Pelas dores que viu banhada de sal

Ela merece uma coroa
Por se reconhecer na história velada
Pelo língua afiada sempre alerta
Por desejar a paz, seguida a vitória na guerra
Pela malícia e ginga dosada na espera

E sua coroa é única
Mulher negra é herdeira da verdade
A Rainha está pronta
Que chegue logo sua coroação
É certeza, sua passagem nunca será em vão!

          (Pretextos de Mulheres Negras, p. 11)

 

Texto para download.