III Coloquio Brasileiro de Estudos Andinos

Convidados Mesas Redondas II

 Sônia Queiróz            Resultado de imagem para sonia queiroz ufmg        Resultado de imagem para sonia queiroz ufmg        Resultado de imagem para Na captura da Voz: as edições da narrativa oral no Brasil

Doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC- São Paulo, onde defendeu, em 2000, tese sobre as edições brasileiras de narrativas de tradição oral, desenvolveu em 2007, em estágio pós-doutoral na UNEB-Salvador, com a supervisão de Yeda Pessoa de Castro, pesquisa sobre a presença banto na tradição oral de Minas Gerais. Mestre em Estudos Linguísticos pela UFMG, onde se graduou em Letras em 1975, defendeu em 1985 dissertação sobre remanescente de língua africana em Minas Gerais. É professora da Faculdade de Letras da UFMG desde 1983, atuando hoje na área de Edição (graduação) e com experiência também na área de Texto em língua portuguesa. Na pesquisa, no ensino e na extensão, atua principalmente nos seguintes temas: oralidade e escrita, poesia, conto, canto, transcriação, memória e cultura afrobrasileira. Suas publicações mais relevantes são os livros Pé preto no barro branco: a língua dos negros da Tabatinga (Ed. UFMG, 1998) e Na captura da Voz: as edições da narrativa oral no Brasil (este publicado em co-autoria com Maria Inês de Almeida)

 

 William Mina       Resultado de imagem para william mina Manuel Zapata Olivella: pensador Humanista    Imagem relacionada       Resultado de imagem para Derechos Humanos Afrocaucanos

Mina Aragón es Licenciado en Filosofía de la Universidad del Valle, con Doctorado en Sociología de la Universidad Complutense de Madrid

 

Gabriela Caballero Delgado      Gabriela Caballero Delgado.jpg         Resultado de imagem para Gabriela Caballero Delgado       Resultado de imagem para Gabriela Caballero Delgado

Gabriela Caballero Delgado (Cusco, 1977). Radica en Tacna más de 30 años. Es profesora de Lengua y Literatura por la Universidad Jorge Basadre Grohmann de Tacna. Fue coeditora de la revista de literatura Utopía. Jefa de redacción de La yegua colorá. Actualmente es asesora literaria de la editorial Cuadernos del Sur y correctora de estilo del Fondo Editorial de la Universidad Nacional Jorge Basadre Grohmann. Fue finalista en la XIV Bienal de Cuento Premio Copé 2006 y ganó el primer premio del I Concurso Nacional de Cuento de ELECTROPUNO 2006. Sus cuentos han aparecido en algunas antologías como Historias de arena (Cuadernos del Sur, 2012) y El cuento peruano 2000 – 2010 (Petroperú, 2013) y 21 Relatos sobre la Independencia del Perú (Petroperú, 2019)Ha publicado Los relojes de Adela (Cuadernos del Sur, 2009) y Santiago (Cuadernos del Sur, 2017).

  

Cláudia Luna         Resultado de imagem para REPRESENTAÇÃO ANIMAL: DIÁLOGOS E REFLEXÕES LITERÁRIAS     Resultado de imagem para micaela bastidas sara guardia    

PÓS-DOUTORADO em História da América pela USP. DOUTORADO em Língua Espanhola e Literaturas Hispânicas pela UFRJ e pela UBA (UNIVERSIDAD DE BUENOS AIRES (Bolsa PDEE CAPES). Mestrado em Letras Neolatinas pela UFRJ (1989). Bacharelado e Licenciatura pela UFRJ ('982). É professor Associado IV da UFRJ. Chefia o Diretório de Pesquisa MAR (Modernidade/ alteridade/ representação) e coordena o Projeto de Pesquisa DISCURSO, LUTA E REPRESENTAÇÃO FEMININA NAS INDEPENDÊNCIAS E PÓS-INDEPENDÊNCIAS LATINO-AMERICANAS. Participa fo GT Mulher e Literatura (ANPOLL), da REDE DE ESTUDOS ANDINOS e do CEMHAL, onde é uma dos coordenadores do GT sobre Mulher e Interculturalidade e do GT de Traduções e Edições Críticas de obras de Autoria Feminina. Atua na área de Letras, com ênfase em Literatura Latino-americana, priorizando os temas: imaginário e representação, literatura hispano-americana, literatura e história, literatura de autoria feminina e formação dos imaginários nacionais, indigenismo e protagonismo indígena, heterogeneidade e interculturalidade, gêneros híbridos, historiografia literária e revisão do cânone, a partir do século XIX. Bolsa de Produtividade em Pesquisa - PQ 2015 CNPQ. Coordena o Programa de Pós-graduação em Letras Neolatinas da UFRJ, biênio 2018-2020.

 

Fábio Bonfim Duarte       

Professor adjunto de Linguística e Língua Portuguesa na Universidade Federal de Minas Gerais. Ele oferece cursos de sintaxe, morfologia e métodos de campo, além de lecionar cursos de nível introdutório de português e linguística. Seus principais interesses como pesquisador incluem as teorias morfológica e sintática e a sintaxe e morfosintaxe das línguas da América do Sul (Tupí-Guaraní, Jê e Aruák, em particular) e das línguas bantu faladas em Moçambique como o Nyanja, o Shimakonde, o Emakhuwa,o Xichangana, o Xirhonga e o Citshwa. Atualmente, Fábio Bonfim está pesquisando tópicos relacionados à concordância, sistema de realização de caso, estrutura de argumento, ordem de palavra, construções aplicadas e marcação diferenciada de objeto nessas línguas. Ele também está envolvido em um projeto de descrição e revitalização dessas línguas. Um dos seus objetivos é escrever uma gramática descritiva da Língua Tenetehára.

http://www.letras.ufmg.br/fbonfim/index_pt.html

 

  

 

 

Faculdade de Letras da Universidade Federal de Minas Gerais
Av. Antônio Carlos, 6627 Pampulha - Belo Horizonte/MG - CEP: 31270-901
(31) 3409-5101 dir@letras.ufmg.br

© Copyright 2020 - Setor de Tecnologia da Informação - Faculdade de Letras - UFMG