LIVROS E LIVROS

Ficção

Nei Lopes - A Lua Triste Descamba
O samba e o subúrbio do Rio de Janeiro são os principais personagens do romance A Lua Triste Descamba (2012), de Nei Lopes. Uma viagem pelo universo do samba durante a primeira metade do século XX é o que o autor carioca nos propõe. O título do livro é retirado de um samba de autoria de Dona Zica, célebre sambista casada com Cartola. A estrofe em que se encontra o verso “A lua triste descamba” constitui, inclusive, a epígrafe da obra: “Lá vem a aurora rompendo/ E a lua triste descamba/ Ela vai com sau...

Poesia

Lubi Prates - Um corpo negro
minha pele é todos os cômodos onde me alimento onde deito finjo o mínimo conforto. minha pele é minha casa com as paredes descobertas uma falta de cuidado : necessita sempre mais para ser casa. minha pele não é um estado desgovernado. minha pele é um país embora distante demais para os meus braços embora eu sequer caminhe sobre seu território embora eu não domine sua linguagem. minha pele não é casca é um mapa: onde África ocupa todos    os    espaços: cabeça útero pés onde os mares ...

Ensaio

Jair Cardoso dos Santos - Entre as leis e as letras - Luiz Gama
Maria Anória de Jesus Oliveira*   [...] trazer à cena atual a importante trajetória de Luiz Gama [...] pode favorecer outros estudos e imersões em face da sua rica e variada produção poética, jornalística e jurídica [...] Jair Cardoso dos Santos (2016, p. 12)   Ao percorrer as páginas do livro Com a palavra, Luiz Gama: poemas, artigos, cartas, máximas, da autoria de uma das suas importantes especialistas, Lígia Fonseca Ferreira (2011)[1], é possível ter certa dimensão do impacto da obra e da vida do aludido escritor. Obra ess...

Infantojuvenil

Patricia Santana - Entremeio sem babado / Minha mãe é negra sim / Cheirinho de neném
A representação do negro na literatura infantojuvenil é recente, iniciada nas décadas de 20 e 30 do século XX, com personagens secundárias dentro do espaço diegético ou como parte da cena doméstica cujas ações evidenciavam e reiteravam uma posição subalterna do negro. Conforme Souza & Lima (2006, p. 188), “os personagens negros não sabiam ler nem escrever, apenas repetiam o que ouviam, ou seja, não possuíam o conhecimento considerado erudito e eram representados de um modo estereotipado e depreciativo”. É mais recen...

Memorialismo

Vários Autores - Memorialismo e resistência: estudos sobre Carolina Maria de JesusCarolina Maria de Jesus na Academia   Constância Lima Duarte*    15 DE JULHO DE 1955 Aniversário de minha filha Vera Eunice.Eu pretendia comprarum par de sapatos para ela.Mas o custodos gêneros alimentíciosnos impedea realização de nossos desejos.Atualmente somos escravosdo custo de vida.Eu achei um par de sapatosno lixo,lavei, e remendeipara ela calçar.  Eu não tinha um tostãopara comprar pão.Então eu lavei 3 litrose troquei com o Arnaldo.Ele ficou com os litrose deu-me pão.Fui receber o dinheiro do papel.Recebi 65 cruzeiros.Comprei 20 de carne,1 quilo de toucinhoe 1 quilo de açúcare seis ...

Newsletter

Cadastre aqui seu e-mail para receber periodicamente nossa newsletter e ficar sempre ciente das novidades.

 

Instagram

 

YouTube